BOLSAS DE ESTUDO

Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas

BOLSAS DE ESTUDO UNIEDU – ART. 170

  • O que é?

Benefício concedido com recursos do Governo do Estado de SC, regulamentado pelas Leis Complementares n. 281/05, n. 296/05 e n. 420/08; concede bolsas de estudo aos estudantes socioeconomicamente carentes.

  • A quem se destina?

Os recursos da bolsa do Artigo 170 são concedidos para:
– Estudantes economicamente carentes;
– Estudantes inscritos no UNIEDU e no Portal de Ensino da Unoesc (Pedido de Bolsa);
– Estudantes que cursam a primeira graduação, exceto licenciatura curta, regularmente matriculados em um dos cursos de graduação da Unoesc no semestre vigente, inscritos no UNIEDU e Portal de Ensino e que entregarem toda a documentação exigida em edital.

  • Como ocorre a seleção dos candidatos?

O candidato é selecionado pelo seu Índice de Carência (IC) mediante as informações socioeconômicas prestadas no formulário de inscrição/pedido de bolsa (portal de ensino) e comprovadas com a documentação solicitada em edital.

  • Quais as obrigações do bolsista do Art. 170?

Conforme estabelecido em Edital, o bolsista deve:
– Assinar o recibo de prestação de contas do Artigo 170, semestralmente; 
– Participar de projetos sociais com visão educativa (20 horas por semestre), conforme editais. 
– Ter aproveitamento acadêmico de no mínimo 75% das disciplinas no semestre anterior.

  • Como comprovar a realização das atividades sociais com visão educativa?

Para comprovar, o aluno beneficiado com bolsa de estudo e pesquisa do Art. 170 deve participar de projetos sociais com visão educativa (20 horas por semestre), oferecidos em cada curso.

BOLSAS DE ESTUDO UNIEDU – ART. 170

O valor da bolsa de estudo corresponde à mensalidade integral do aluno, sendo que o benefício não pode ser superior a dois salários mínimos. O benefício é concedido pelo prazo de duração do curso em que o aluno selecionado estiver matriculado. São requisitos:

  • O que é?

Benefício concedido com recursos do Governo do Estado de SC, por intermédio do Programa de Bolsas do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (Fumdes), regulamentado pela Lei Complementar n. 407/08; concede bolsas de estudo aos estudantes socioeconomicamente carentes. O valor da bolsa de estudo corresponde à mensalidade integral do aluno, sendo que o benefício não pode ser superior a dois salários mínimos, vigente no ano anterior. O benefício é concedido pelo prazo de duração regular do curso em que o aluno selecionado estiver matriculado.

  • A quem se destina?

Os recursos da bolsa do Artigo 171 são concedidos para:
– Estudantes economicamente carentes;
– Estudantes inscritos no UNIEDU e no Portal de Ensino da Unoesc (Pedido de Bolsa);
– Estudantes que cursaram todo o ensino médio em unidade escolar da rede pública ou em instituição privada com bolsa integral;
– Estudantes que residem há, no mínimo, dois anos em Santa Catarina;
– Estudantes regularmente matriculados em curso superior presencial da Unoesc, inscritos e que entregarem toda a documentação exigida em edital.

  • Como ocorre a seleção dos candidatos?

O candidato é selecionado pelo seu Índice de Carência (IC) por meio das informações socioeconômicas prestadas no formulário de inscrição/pedido de bolsa (do portal de ensino) e comprovadas com a documentação solicitada em edital.

  • Quais as obrigações do bolsista do Art. 171?

Conforme estabelecido em edital, o bolsista deve:
– Assinar o recibo de prestação de contas do Artigo 171, semestralmente;
– Ter aproveitamento acadêmico de 100% das disciplinas no semestre anterior.

Programa Universidade para Todos (Prouni)

  • O que é?

O Programa Universidade para Todos (Prouni), do Ministério da Educação, oferece bolsas de estudos, integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

  • A quem se destina?

Aos candidatos sem diploma de curso superior que tenham participado do último Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas e nota na redação que não seja zero. Para concorrer a bolsas integrais, o candidato deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. Além disso, o candidato deve satisfazer a pelo menos uma das condições a seguir:

– Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
– Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola;
– Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede particular, na condição de bolsista integral da própria escola privada;
– Ser pessoa com deficiência;
– Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrante de quadro de pessoal permanente de instituição pública e concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura. Nesses casos, não há requisitos de renda.

  • Como ocorre a inscrição e seleção dos candidatos?

A inscrição, gratuita, é feita exclusivamente pela internet, no Portal do Prouni. Ao efetuar a inscrição, o candidato escolhe, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno entre as bolsas disponíveis, conforme seu perfil. Encerrado o prazo de inscrição, o sistema do Prouni classifica os estudantes de acordo com as opções e as notas obtidas no ENEM.